Reciclagem: quais tipos de plásticos podem ser reciclados? - Merchan Plásticos
Blog

Reciclagem: quais tipos de plásticos podem ser reciclados?

Reciclagem: quais tipos de plásticos podem ser reciclados?

Os plásticos são uma das matérias-primas mais utilizadas no Planeta. Quase tudo contém plástico. O material é tão necessário que é difícil imaginar o mundo sem ele. 

Criado em 1920 por um químico alemão, os polímeros são muito utilizados na indústria de transformação por serem fáceis de moldar. Com a matéria-prima é possível fazer muita coisa. Seguem algumas delas:

  • Embalagem descartável;
  • Sacos de lixo;
  • Garrafas Pet;
  • Lixeiras;
  • Componentes de computador, celulares, tablets, televisão;
  • Componentes de geladeiras e fogões;
  • Embalagens de alimentos e remédios;
  • Materiais hospitalares como seringas, cateteres, bolsas de sangue.

A lista é enorme e dá uma ideia da importância do plástico. Mas apesar de sua grande utilidade, o polímero pode se tornar um problema quando não é descartado de maneira responsável e sustentável. 

Neste artigo, vamos mostrar que o produto pode ser um grande aliado da natureza se houver preocupação em reciclá-lo. Vários tipos de plásticos estão no grupo dos recicláveis e vamos falar deles agora. 

O que é reciclagem e qual a sua importância? 

Segundo a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a reciclagem é um processo de transformação de substância residual sólida que não seria aproveitada. Ocorrem mudanças no estado físico, físico-químico ou biológico. Assim, o material alterado se torna novamente uma matéria-prima para outro produto.

A reciclagem tem vários benefícios e o primeiro deles é a redução no volume de lixo produzido, poupando o meio ambiente. Outro fator é o econômico, já que várias pessoas conseguem renda trabalhando na coleta seletiva e em indústrias de recicláveis. Dados do Governo Federal demonstram que a indústria de recicláveis do país movimenta anualmente cerca de R$ 3 bilhões, mas perde R$ 8 bilhões quando o lixo que poderia ser reciclado é descartado. Isso demonstra o quanto é importante reciclar. 

Muitos materiais podem passar por transformação, como o papelão, o plástico e o alumínio. No caso do plástico, muitos tipos podem voltar à indústria de transformação para produzir novos produtos. 

Vamos saber quais?

Plásticos recicláveis

Os plásticos são materiais versáteis, flexíveis e fáceis de moldar. Desde a sua criação, a matéria-prima vem sendo aperfeiçoada com o objetivo de atender a demanda dos consumidores e da indústria.

Devido aos estudos realizados ao longo de vários anos, pesquisadores identificaram variações nas características de cada polímero, fator determinante para diversificá-los. Foi dessa maneira que surgiram dois grupos de plásticos:

  • Termoplásticos, que podem ser reciclados: Esse é um polímero artificial que a uma determinada temperatura pode ser moldado, já que apresenta viscosidade. Exemplos: polipropileno, o polietileno, o polimetil-metacrilato (ou acrílico) e o policloreto de vinil (PVC). O material pode ser utilizado na fabricação de materiais diversos. Com eles é possível produzir brinquedos, utensílios domésticos, peças para a indústria automotiva, tubos e conexões, calçados, sinalizações, sacos e sacolas, instrumentos musicais, entre outros.
  • Termorrígidos, conhecidos por não serem recicláveis: Diferente dos termoplásticos, os termorrígidos não podem ser expostos a elevadas temperaturas. Se isso ocorre, o material é degrado e não serve para nenhuma outra produção. São usados na fabricação de engrenagens, móveis, compensados, roupas e tecidos, bijuterias, adesivos, tanques, espumas para a fabricação de estofados, isolantes térmicos, dispositivos médico-hospitalar. 

Tipos de termoplásticos que podem ser reciclados

Agora que você já sabe que os polímeros termoplásticos são ideais para reciclagem, conheça os tipos disponíveis na indústria e na sua casa que podem ser transformados. 

  1. Tereftalato de Polietileno (PET): Com certeza você já ouviu falar nesse termoplástico. A matéria-prima é usada principalmente na produção de garrafas de refrigerante e água. O polímero é formado pela reação entre o ácido tereftálico e o etileno glicol, que facilita a fabricação de vários produtos. Além das garrafas, o PET também é utilizado nas embalagens de remédios e cosméticos. 
  2. Polietileno de Alta Densidade (PEAD): Sabe aquela tampa de shampoo ou do amaciante? Elas são fabricadas com plástico PEAD e podem ser recicladas com facilidade. Qualquer tampa de embalagem é produzida pelo polímero, como é o caso dos frascos de alvejantes, detergentes e óleos automotivos. Também podem ser fabricados com PEAD sacolas de supermercados e potes de utilidades domésticas. A principal vantagem da matéria-prima é a sua resistência. 
  3. Policloreto de Vinila (PVC): Assim como os dois termoplásticos anteriores, o PVC tem em sua composição derivado do petróleo. O PVC é conhecido por ser impermeável, rígido e inquebrável. É muito utilizado na construção civil por causa de sua durabilidade. São fabricados com PVC: tubulações de água, embalagens de óleo comestível, garrafa de água mineral e potes de maionese, cones de sinalização, calhas e brinquedos.   
  4. Polietileno de Baixa Densidade (PEBD): Por ser flexível, leve, transparente e impermeável, o PEBD é muito usado na indústria de transformação. Com ele é possível fabricar sacolas de supermercado, lojas, embalagens de leite e de outros alimentos e materiais hospitalares. 
  5. Polipropileno (PP): Tem na sua composição o gás propeno, sendo utilizado na fabricação de embalagens de alimentos, produtos industriais e da construção civil (cordas, tubos para água quente, fios e cabos). São muito resistentes a mudanças de temperatura. Além de rígidos, conservam bem o aroma dos alimentos. Por isso, são usados para a fabricação de embalagens alimentícias. 
  6. Poliestireno (PS): Entre as características do poliestireno estão capacidade de isolamento térmico, leveza e flexibilidade. A matéria-prima é moldável sob a ação do calor, ficando em forma líquida ou pastosa. Podem ser fabricados com o termoplástico: potes para iogurtes, sorvetes e doces, frascos; componentes de eletrodomésticos, como a parte interna de portas de geladeiras, produtos descartáveis como copos plásticos e aparelhos de barbear.

Merchan Plásticos 

Neste artigo, você aprendeu quais os tipos de plásticos são ideais para reciclar. Vários produtos comercializados pela Merchan Plásticos podem ser reciclados. Temos produtos de qualidade e sustentáveis para quem se preocupa com o meio ambiente. 

Desenvolvemos produtos ecologicamente corretos que atendem normas da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), OSHA (Occupational Safety & Health Administration) e CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente).

Para mantermos o bom desempenho e atender aos nossos clientes, investimos em equipamentos e mão de obra de qualidade.

Comentários