Pallet de contenção: solução segura para sua empresa - Merchan Plásticos
Blog

Pallet de contenção: solução segura para sua empresa

Pallet de contenção: solução segura para sua empresa

Os pallets de contenção, em alguns casos conhecidos como bacias de contenção, são produtos pensados para armazenagem de produtos químicos nocivos à saúde. Ou seja, a função desses produtos é de impedimento de que líquidos tóxicos, em caso de vazamento, contaminem o solo ou corpo hídrico.

Em caso de ausência de contenções em alvenaria, recomendado pela NBR 7505, a utilização de pallet de contenção preenche as orientações de segurança de armazenamento de pequenas quantidades de conteúdos químicos.

Tudo isso em conformidade com os principais órgãos de proteção e defesa do meio-ambiente. Por outro lado, afirma-se que uma das vantagens da utilização do pallet de contenção em relação aos de alvenaria, é sua economia, sua versatilidade e alta resistência.

A norma que orienta o processo de construção e utilização desse recurso é a OSHAS 40 264.175. Com isso, o pallet deve ser composto de polietileno de alta ou média densidade (PEAD ou PEMD), tornando-o resistente a ácidos e bases e de uso adequado para:

  • Indústria;
  • Laboratório;
  • Almoxarifado;
  • Hospital, entre outros.

Além disso, a construção desse tipo de produto se dá através de retomoldagem, esta contribui para resistência a impacto mecânico. Daí é que se fala que é um produto propício para armazenamento de produtos químicos. Ademais, algumas certificadoras ou seguradoras, recomendam seu uso em casos de auditorias ambientais.

Determinados tipos de pallets de contenção possuem hastes removíveis. Alguns lados podem ser totalmente lisos para armazenar embalagens variadas e outros podem ser ásperos para encaixe de tambores.

Se, por ventura, houver a ocorrência de algum tipo de acidente ou vazamento do líquido, é recomendado que se esvazie o pallet com a ajuda de uma bomba manual: haverá possibilidade de recuperação do líquido.

Outrossim, o pallet não pode dispor de solda ou emenda, bem como deve permitir a entrada de empilhadeira e paleteira. Em caso de necessidade transporte de líquidos perigosos, é recomendado a utilização de carro pallet de contenção. O deslocamento interno é arriscado se não forem tomadas as devidas precauções.

Entenda a NBR 7505

A NBR 7505, intitulada de “Armazenagem de líquidos inflamáveis e combustíveis”, relaciona-se:

  • Armazenagem em tanque estacionário;
  • Armazenagem no interior de edificação;
  • Armazenagem fracionada;
  • Proteções contra incêndios.

Como objetivo, diz-se que a NBR 7505 elenca as condições para armazenagem e instalações de líquidos nocivos contidos em tanques estacionários.

Nesse sentido, diz- que os pallets de contenção são soluções seguras para as empresas e atendem as recomendações da NBR 7505.

Conheça alguns benefícios de utilização dos pallets de contenção

Os pallets de contenção retomoldados, além de atenderem a NBR 7505, são opções bastante seguras para a armazenagem e contenção de líquidos inflamáveis. Nesse sentido, veja a seguir suas principais vantagens:

  1. Eficientes: O pallet de contenção evita vazamento e impede extravasamento de líquidos nocivos de forma rápida e segura. Isso evita que o meio-ambiente e os recursos hídricos sejam contaminados. Além disso, em caso de vazamento, ainda é possível recuperar o líquido vazado.
  2. Seguros: Os pallets contentores atendem às normas de órgãos especializados, não são tóxicos e resistentes a ácidos ou produtos químicos.
  3. Facilitam o transporte: Com peso muito leve, o transporte é facilitado. Isso ajuda no seu empilhamento em paleteira, em detrimento de se restringir a apenas alguns lugares, tal como alvenaria.
  4. De fácil limpeza e higiene: Os pallets de contenção têm montagem simples e são de limpeza fácil. Suas hastes são reversíveis e isso facilita sua higienização.
  5. Variadas capacidades de armazenamento: Não é só questão de ausência de manutenção que é a maior vantagem dos pallets de contenção.  Eles também possuem variadas capacidades de armazenamento, que variam de 100 a 1000 litros.

Por isso, fala-se que os pallets de contenção apresentam grande versatilidade e diminuem os riscos de acidentes nas empresas, no meio-ambiente e até mesmos nos funcionários. Logo, são soluções fáceis e seguras para sua empresa.

O que é? Para que serve o polietileno utilizado na fabricação dos pallets de contenção?

O polietileno é conhecido como espécie de termoplástico mais utilizado na fabricação de produtos de diferentes segmentos. Nesse sentido, dividem-se em:

  • Polietileno de alta densidade (PEAD);
  • Polietileno de média densidade (PEMD);
  • Polietileno de baixa densidade (PEBD).

Além disso, o polietileno é usado em processo de transformação por:

  • Sopro;
  • Injeção;
  • Retomoldagem;
  • Extrusão.

Com isso, a depender do tipo de moldagem, podem ser gerados os mais variados produtos:

  • Embalagem plástica;
  • Engradado;
  • Embalagem de sabão em pó;
  • Embalagem de leite;
  • Tubos para drenagem;
  • Tubos para esgotos;
  • Irrigações;
  • Conduções de cabos elétricos e de telecomunicações.

Por se transformar com a presença do calor, o polietileno é pertencente à família dos termoplásticos. É resistente a uma temperatura limite de 120°C e mínima de -100°C. Com isso, é produto resistente a mudanças radicais de temperatura sem alteração de sua composição.

A título de exemplo, o polietileno de alta densidade possui muitas vantagens se comparados com algumas matérias similares. Por dispor de uma estrutura química linear, tem aumento de densidade, força, opacidade etc.

Desse modo, dadas as suas propriedades, o polietileno de alta densidade é um produto bastante resistente a corrosões, além de não prender o oxigênio e o gás carbônico. Hoje, é um produto com utilização em escala global, fazendo com que cerca de 100 milhões de toneladas de plásticos sejam produzidas a partir do PEAD.

Uma média de 30% do consumo mundial de PEAD é voltada para moldagem por sopro: frascos de produtos e de produtos alimentícios. Já 25% são voltados a produtos de moldagem por injeção: balde, engradado e utensílio doméstico. Outros 30% são voltados aos processos de extrusão e os 15% restantes aos mercados de fios.

E não é somente isso que faz do polietileno de alta densidade um produto muito vantajoso, essa resina é a segunda mais reciclável do planeta. Seu processo de reciclagem é muito viável, pois os produtos originados desse plástico estão presentes no cotidiano das pessoas.

Assim, dados os diversos benefícios na utilização do polietileno é que as indústrias têm optado em empregar esses plásticos nos processos fabris. Afinal, é material reciclável, seguro, eficiente e em conformidade com o meio-ambiente.

Comentários