Gestão de riscos para evitar problemas na cadeia de suprimentos - Merchan Plásticos
Blog

Gestão de riscos para evitar problemas na cadeia de suprimentos

Gestão de riscos para evitar problemas na cadeia de suprimentos

Você sabe o que é gerenciamento de riscos?  Gestão de riscos são aqueles processos destinados a identificar os riscos existentes em organizações, departamentos, operações, eventos ou atividades específicas.

Ou seja, busca mitigar possíveis impactos negativos decorrentes de determinadas ações em caso de ocorrência.  De tal modo, um bom gerenciamento de riscos objetiva reduzir ao mínimo os possíveis impactos negativos em determinada cadeia de suprimentos através da adoção de técnicas que visam minimizar danos.

Em suma, risco relaciona-se com a incerteza sobre a ocorrência de determinado dano. Por meio do gerenciamento de risco é possível controlar os riscos, sobretudo nas cadeias de suprimentos.

Mas o que é gestão de riscos?

Gestão de riscos é o processo capaz de identificar os riscos existentes em uma cadeia de suprimentos. Com isso, se em determinada organização haja a ocorrência de algum risco, a gestão de riscos deverá ser capaz de minimizar os impactos negativos.

Podemos falar que a gestão de riscos objetiva aumentar os impactos positivos e minimizar os impactos negativos. Por isso, fala-se que deve ser uma decisão estratégica em todo e qualquer negócio.

Você sabe o que é um risco?

Risco se relaciona com aqueles acontecimentos que podem causar impacto na cadeia de suprimentos. Para isso, considera-se tanto a probabilidade de sua ocorrência, quanto a gravidade das consequências.

A natureza do risco se divide em:

  • Econômica;
  • Ambientais;
  • Sociais;
  • Operacionais;
  • Legais;
  • Reputações;
  • Financeiros.

Daí pode-se falar que o gerenciamento de risco objetiva:

  • Assegurar aos tomadores de decisões acesso a informações importantes acerca dos riscos;
  • Reduzir os riscos e a ocorrência de situações adversas;
  • Agregar valores às organizações e cadeia de suprimentos;
  • Melhorar a produtividade e os resultados;
  • Criar uma boa relação com as partes envolvidas.

Sabe como se faz uma boa gestão de riscos?

Nos dias atuais, existem várias metodologias a serem aplicadas no gerenciamento de riscos. Uma diretriz bastante conhecida e usada é a norma ISO 31.000.

ISSO 31.000 é uma norma pertencente à família de Gestão de Risco estabelecida pela International Organization for Standardization, que objetiva estabelecer orientações e princípios genéricos sobre Gestão de Riscos.

Agora que vimos a importância de uma boa gestão de riscos, é preciso que as empresas apliquem esses conhecimentos à vida prática.  Para isso, é preciso se atentar às tendências de compras para o setor B2B.

Confira algumas dicas!

  1. Mais investimento em Machine Learning

As companhias mais antenadas estão investindo em Machine Learning a fim de obter mais produtividade, resultados financeiros e decisões acertadas. É uma tendência do mercado que vem crescendo cada vez mais!

No setor de compras, o investimento em Machine Learning tem ajudado a otimizar o tempo em desfavor do maior tempo gasto com os processos manuais mais tradicionais. Por outro lado, fomenta uma boa cultura estratégica da empresa pautada em um bom gerenciamento de riscos.

Ou seja, por meio do Machine Learning é permitido identificar perfis mais estratégicos dos clientes e até mesmo prever comportamentos e auxiliar na tomada de decisões.

  • Enxergar os fornecedores como grandes parceiros

A relação por parte dos compradores para com seus fornecedores tem evoluído nos últimos anos. Atualmente, dada a grande concorrência no mercado, as organizações necessitam que os vendedores forneçam prazos e as quantidades bem especificadas.

Diante disso, as relações hoje funcionam como uma espécie de troca. Os compradores acabam se tornando parceiros dos fornecedores de modo que todos saiam satisfeitos em uma possível transação.

É uma relação que acaba contribuindo para diminuição de riscos na cadeia de suprimentos e favorece a inovação das empresas.

  • Processos de compras digitais

Por meio da digitalização dos processos de compras é possível que se evitem erros comuns da natureza humana. Além disso, sobra mais tempo para que os compradores se tornem mais estratégicos.

Pode-se falar sobre uma possível economia nas relações comerciais, que poderá ser revertida na contratação de mais profissionais estratégicos.

  • O gerenciamento de riscos para evitar problemas nas cadeias de suprimentos

Qualquer negócio, por mais bem planejado que seja, está sujeito a algum tipo de risco. Os riscos são condições inerentes à vida humana. O que a Gestão de Riscos faz, é saber enfrentar as situações que podem ocorrer riscos.

Ademais, com o advento da Pandemia da Covid-19, as situações têm mudado. É preciso pensar nos riscos de contaminação, bem como nos efeitos secundários:

  • Cadeia de suprimentos;
  • Economia.

Por isso, é importante que as organizações pensem em fonte alternativa de armazenamento e manutenção do nível de estoque. Isso sem desconsiderar uma possível queda na economia e, consequentemente, na procura por produtos.

Efeitos da Pandemia na gestão de riscos das empresas

Um bom time de gestão de riscos deve se capaz de levar em conta todos os possíveis cenários que uma organização poderá enfrentar, ou seja, até mesmo em um cenário de pandemia.

Após esta Pandemia muitos aprendizados poderão ser extraídos e já podemos afirmar que as relações não serão mais as mesmas. Isso se aplica ao gerenciamento de risco. Será mesmo que a gestão de riscos nas empresas, antes da Pandemia, foi capaz de prever seus efeitos?

Em tese, a resposta deveria ser positiva! Mas muitas empresas não conseguiram imaginar este cenário. Isso tem sido materializado nos comuns casos de empresas que estão sofrendo com problemas na cadeia de suprimentos. Algumas inclusive chegaram à falência.

Aquelas empresas que não estão bem preparadas para enfrentar situações adversas, ao chegarem neste momento, correm o risco de convalescerem.  Daí é que se fala que as atitudes são muito importantes e sempre deverão ser estratégicas!

É importante investir em ferramentas e profissionais estratégicos, capazes de lidarem com situações adversas. E ainda que algumas empresas ainda não conseguissem pensar acertadamente em um bom gerenciamento de riscos, nunca é tarde para recomeçar!

Aproveite o momento peculiar que estamos vivenciando para, assim, se tornar mais forte e ser capaz de enfrentar quaisquer situações adversas próprias das relações mundanas! Use a Pandemia a seu favor e seja capaz de tirar os melhores proveitos neste momento. Sem dúvida, sua empresa será capaz de renascer mais forte e pronta para qualquer risco!

Comentários