Equipamentos de plásticos mais utilizados em cozinhas industriais - Merchan Plásticos
Blog

Equipamentos de plásticos mais utilizados em cozinhas industriais

Equipamentos de plásticos mais utilizados em cozinhas industriais

Quando o assunto é refeição para uma grande quantidade de pessoas, a situação é totalmente diferente do consumo familiar.     Por isso, o espaço culinário tem que ser maior, bem como os equipamentos culinários costumam ser maiores.

Em geral, todos os estabelecimentos que se valem de culinária profissional utilizam cozinhas industriais. Alguns desses estabelecimentos são:

  • Hotéis e pousadas;
  • Restaurantes;
  • Empresas;
  • Escolas, entre outros.

Para isso, é necessário contar com um bom planejamento da estrutura e dos materiais que serão utilizados. É necessário dispor de um local que permita aos cozinheiros executar suas tarefas com segurança e higiene.

A título de exemplo, é necessário que as superfícies dos utensílios industriais sejam lisas, pois assim evitam a proliferação de microrganismos e contaminem os alimentos. Também é importante que dê manutenções periódicas nos equipamentos industriais, pois assim é possível garantir maior durabilidade e economia de energia.

Outra questão importante, é se atentar aos equipamentos de segurança a fim de evitar que os profissionais envolvidos na cozinha se acidentem. Com o objetivo de se dificultar acidentes, algumas medidas poderão ser adotadas:

  • Uso de luvas de aço quando no manuseio de objetos cortantes;
  • Uso de luvas térmicas quando no manuseio de recipientes aquecidos;
  • Luvas descartáveis com material vinil para higienizar produtos;
  • Luvas de tipo látex quando em limpeza.

Além disso, é importante ter atenção às outras partes do corpo, todas elas deverão estar protegidas. De tal forma, é imprescindível o uso de aventais próprios, botas especiais, entre outros.

Ademais, é importante o uso toucas, luvas e máscaras como forma de evitar contato do cabelo e saliva com os alimentos e ter à disposição alguma pia de uso exclusivo para higiene das mãos.

De igual modo, é muito importante que o local de trabalho seja fluido e que os profissionais consigam executar suas tarefas de maneira organizada. Por isso, recomenda-se dividir bem os locais de tarefas, pois não é ideal, por exemplo, que o local em que há corte de alimentos seja próximo de lixeiras ou louças sujas.

Por outro lado, os equipamentos industriais são fabricados para comportar um grande volume de alimentos. Os maquinários, por exemplo, devem ser boa qualidade e atender às especificações da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), pois assim é provável que se entregue alimentos com um bom padrão de qualidade.

A gerência de uma cozinha industrial deve ser muito bem planejada, visto que, desse modo, é possível atrair mais consumidores e maior prestígio para o estabelecimento. Além do fato de que com uma boa gestão que inclui o uso de produtos adequados é possível aumentar o lucro e eficiência.

Quais são equipamentos de plásticos mais utilizados em cozinhas industriais?

Os equipamentos a serem utilizados nas cozinhas industriais precisam ser de exímia qualidade para enfrentar o movimento atribulado desses ambientes. Por isso, a escolha correta do tipo de equipamento é importantíssima para tornar todo processo mais eficiente.

Nesse cenário, os principais equipamentos plásticos que costumam ser utilizados são:

  • Niveladores quadrados;
  • Niveladores redondos;
  • Niveladores retangulares.

Esses modelos costumam ser muito resistentes a ácidos ou outros produtos corrosivos.  Geralmente, são ideais para geladeiras, freezers, fogões e diversos outros componentes de uma cozinha industrial.

Outros tipos de equipamentos que podem ser utilizados em cozinhas industriais são:

  • Pallets plásticos;
  • Caixas plásticas vazadas e fechadas;
  • Lixeiras para coleta seletiva;
  • Cortinas em Tiras de PVC.

Segundo Merchan Plásticos, os pallets plásticos são ideais para armazenagem de produtos. Já as caixas plásticas fechadas ou vazadas são ideais para produtos de Hortifruti ou produtos de câmaras fria e resfriados.

Já linha de lixeiras para coletiva pode ter grande valia para melhor destino aos resíduos descartados na culinária industrial. E, por fim, as cortinas em tiras PVC, podem ser utilizadas em câmaras frias ou até mesmo para isolamento acústico.

Como montar uma cozinha industrial?

Primeiro, é fundamental que se conheça as normas da Anvisa, pois estas orientam para os aspectos estruturais. Contudo, nem sempre é possível conhecer todas as regras, para isso, às vezes, é necessário contratar especialistas no assunto.

Outro quesito é se atentar para o tipo de piso. Este deve ser claro, lavável, de fácil higienização e que evite o acúmulo de umidade. Já em relação às paredes, forros e tetos, estes devem ser laváveis, claros e revestidos com tintas antifúngicas. As janelas devem contar com proteção contra a entrada de insetos ou pragas. E a iluminação tem que ser uniforme e não alterar a temperatura do ambiente.

O sistema de gás e água, instalação de exaustores, posição de cada ambiente e equipamento, devem ser rigorosamente observados. Como exemplo, pode-se falar que produtos de limpeza têm que estar distantes dos produtos comestíveis e o lixo deve ser depositado longe dos locais de manuseio de alimentos.

Com a observância dessas disposições é possível montar uma cozinha industrial. Além disso, é necessário se atentar às normas federais e estaduais relacionadas com a correta armazenagem, separação, manuseio e identificação de alimentos.

Outro ponto importante é a necessidade de coleta diária de porção dos alimentos e bebidas servidos. Isso é exigência da ANVISA, pois se algum consumidor vier a ter algum problema de contaminação, essas amostras servirão de prova a fim de averiguar a responsabilidade do estabelecimento ou cozinha industrial.

Por isso, sempre que utilizar a cozinha, antes e depois do turno, é importante desinfetar todos os ambientes, onde são preparados e manuseados alimentos. Tudo precisa ser limpo: pias, lixeiras, prateleiras, pisos, entre outros.  Desse modo, o uso de pisos plásticos pode facilitar a limpeza.

Ademais, é importante se atentar até mesmos para os produtos utilizados, pois produtos de uso doméstico, por exemplo, não conseguem alcançar os resultados esperados.

Nesse sentido, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), é recomendado o uso de cloro para desinfecção de cozinhas industriais e de grandes estabelecimentos. Mas a depender da qualidade dos pisos, utensílios e materiais utilizados, no momento da desinfecção pode gerar avarias.

Portanto, o uso de utensílios plásticos, de boa qualidade, em cozinhas industriais pode contribuir para melhor gestão do negócio.

Comentários

Envie uma mensagem