A liderança independe do setor da economia - Merchan Plásticos
Blog

A liderança independe do setor da economia

A liderança independe do setor da economia

Os desafios de ter uma empresa são muitos. O sucesso não chega da noite para o dia e precisa de uma liderança forte para que os negócios deem certo. Isso independe do setor de atuação. 

Conquistar espaço no mundo corporativo e ser referência no mercado exige a presença de um líder capaz de envolver os funcionários no processo de crescimento. É o tão conhecido grupo de colaboradores. Essa participação é fundamental porque torna-se a “alma” do negócio. 

Quando a empresa incentiva os funcionários a participarem do seu crescimento, o sucesso vem rapidamente. Ao criar um conselho formado por representantes de cada área, ideias, sugestões, melhorias e críticas surgem a fim de oferecer mais qualidade aos produtos ou serviços. Para isso, a liderança deve deixar a equipe à vontade e fazê-la com que se sinta responsável pelo sucesso da organização. 

O papel da liderança não é o de exercer poder, mas de atuar diretamente sobre a equipe de trabalho, fazendo com que o ambiente corporativo seja sempre produtivo. 

Compete ao líder:

  • motivar e influenciar positivamente os funcionários; 
  • buscar sempre os melhores resultados;
  • manter a força de vontade e a satisfação da equipe;
  • alinhar os objetivos dos colaboradores com as instâncias superiores da organização.

Com essas características, a liderança independe do setor de atuação da empresa. Se o responsável por uma equipe colocar tudo isso em prática, qualquer negócio pode crescer em seu mercado. 

Autoritarismo não leva a nada

Há alguns anos achava-se que os gestores precisavam ter um perfil autoritário. Para eles não importava a opinião dos colaboradores. Estes eram vistos apenas como cumpridores de tarefas e de metas.

Não havia preocupação com o clima organizacional nem com a equipe. O único objetivo da empresa era lucrar cada vez mais, sem imaginar que isso estava diretamente ligado com a motivação dos colaboradores. 

Em dias atuais, houve algumas modificações nesse quadro. Indústrias e grandes corporações vão além do que delegar atividades e acompanhar resultados. Também estão preocupadas com o bem-estar e satisfação dos colaboradores. Foi isso que as fizeram crescer. 

Claro que ainda há empresas que acreditam no autoritarismo para ter bons resultados, mas elas estão enganadas ao agirem dessa forma. O autoritarismo não leva a lugar nenhum e é só questão de tempo para a empresa perder espaço no mercado. 

Os funcionários são a linha de frente de qualquer negócio e merecem ser ouvidos. Como estão em contato direto com clientes e produção, eles têm muito a contribuir para o desenvolvimento da corporação. As suas sugestões podem valer ouro. 

Independentemente do setor que a corporação atua, a liderança é a chave para o sucesso. 

Especialistas acreditam que um dos papeis do líder é transmitir os valores da empresa para a equipe. Isso faz com que todos consigam entender a melhor maneira de desenvolver as suas atividades, apresentando resultados positivos. 

Características do líder competente

Como já abordamos neste artigo, a liderança independe do setor corporativo. Mas um bom líder deve ser dotado de algumas características como:

Autoconhecimento

Para começar a liderar uma equipe, é necessário começar por si mesmo. Primeiro, precisa dar exemplo e ser uma referência para os demais. O líder deve apresentar coerência entre o seu discurso e as suas atitudes. Entre as necessidades do líder estão saber gerenciar as emoções e deixar de lado sentimentos improdutivos tais como o medo, insegurança, depressão, ansiedade e estresse. Eles podem ser grandes obstáculos para tomadas de decisões importantes. 

Espírito de equipe

Apontar as falhas da equipe não é o mesmo que buscar soluções. Um bom líder não busca culpados, mas caminhos para resolver crises. Isso é ter espírito de equipe e não é nada fácil obtê-lo. Após o problema resolvido, a liderança analisa cuidadosamente o que aconteceu, a raiz do contratempo, e só aí busca os responsáveis. É importante saber que cada situação exige uma atitude, uma forma diferente de liderança e saber agir é imprescindível. 

Poder de decisão

De nada resolve a liderança se não há poder de decisão. O líder precisa conduzir e a decisão faz parte desse processo. A empresa precisa confiar na capacidade das suas lideranças e deixar com que elas resolvam situações de maneira independente. 

Ter bom relacionamento

Um bom líder é identificado pelo seu bom relacionamento com os liderados e com outros líderes. É assim que deve ser para que os negócios tenham fluidez e os resultados sejam cada vez mais positivos. Afinal, uma empresa é formada por diversos setores que se complementam. Saber lidar com diferentes tipos de pessoas é importante para a ‘saúde’ dos negócios. Lideranças precisam ter capacidade de criar relações positivas e de criar vínculos, atraindo pessoas para si. Outra característica importante é saber ouvir os integrantes da equipe. Assim, o líder poderá agir de maneira coerente com os princípios da corporação. 

Versatilidade

Mudanças fazem parte do cotidiano de qualquer negócio e o líder deve estar preparado para entendê-las e buscar oportunidades de crescimento. A versatilidade é uma competência primordial para quem é líder. É necessário ter uma visão de 360º graus para liderar. Esse potencial é imprescindível para quem está no papel de comando e tem que motivar a equipe em qualquer situação. Disso depende o sucesso da empresa e dos colaboradores.

Uma má liderança pode levar a empresa ao fracasso

É importante a empresa escolher bem quem deve assumir o papel de liderança. Isso porque um líder incompetente pode levar a corporação ao fracasso em pouco tempo.

Assim como uma boa liderança independe do setor, um mau líder também. Entre os problemas ocasionados por um líder ruim estão:

  • falta de credibilidade da organização;
  • falta de motivação dos funcionários;
  • resultados negativos. 

Para que coisas como essas não ocorram, a corporação precisa criar programas de desenvolvimento de líderes, capacitando colaboradores com perfis apropriados para a função. Treinamentos são essenciais para dar mais segurança a quem vai liderar. 

Sabemos que ser líder não é fácil e a qualificação, junto com os atributos próprios, vai ajudá-lo a ter uma equipe motivada e focada no desenvolvimento do trabalho e na busca de resultados positivos. 

Ter um bom líder é o diferencial de organizações de sucesso.

Comentários